31/03/2017 | 02h:02

Feliz por estar de volta




Depois de um breve período de férias, retorno a escrever aos amigos do Voz do Apito. É sempre legal bater um papo com os amigos esportistas de todo Brasil.

Outro dia questionava o amigo Pedro Paulo de Jesus, se havia escolas de árbitros de futebol para adolescentes, pois acho importante ir despertando este interesse nos jovens. Entendo que quanto mais cedo esta porta estiver aberta, mais e melhores árbitros teremos espalhados pelo País.

Como irmão de um ex-auxiliar de arbitragem, Jorge Roxo, que hoje atua como instrutor no RJ, vejo um trabalho brilhante sendo realizado a alguns anos. Acredito que trabalhos semelhantes vem sendo realizado em outros estados, por isso entendo que é preciso dar chance aos novos e sempre respeitar os que vem escrevendo seu nome na história da arbitragem.

Hoje o Anderson Daronco vem sobrando....

Como bom brasileiro, sou amante do futebol, e assisto com certa frequência as partidas, inclusive na Globo e não posso deixar de falar da elegância do comentarista de arbitragem Paulo Cesar de Oliveira. Trabalha fora das quatro linhas como trabalhava em campo. Confesso ser seu fã!

Que surjam outros ‘Paulo Cesar de Oliveira’ dentro e fora de campo.

Finalizo o retorno, convidando você amigo a algumas reflexões:

- Você é feliz?

- Você faz alguém feliz?

- Seu coração é mais leve que uma pena?

Se algumas destas respostas forem não, está mais do que na hora de você ajustar o leme de sua vida. Infelizmente a maioria de nós acha que vai ter o tempo todo do mundo para focar no que é realmente importante. Tenho acompanhado de perto a perda de amigos novos, no auge de sua vida, partiram “cedo demais”.

Então, se você não é feliz, só você pode se fazer feliz; faça isso agora! Se você não faz alguém feliz, comece por alguém mais próximo, quem sabe seu filho, ou esposa esperam por um pouco de sua atenção...

Se seu coração é mais pesado que uma pena, está na hora de tirar os excessos, tirar as mágoas acumuladas ao longo de sua vida: perdoe, comece por perdoar a si próprio e depois estenda seu perdão a todos que se lembrar de ter ofendido.

Fraterno abraço.




VOZ DO APITO
Todos os direitos reservados © 2008 - 2015