☰ Menu
☰ Menu
Publicidade
APOSTA GAÚCHA

Entre os principais árbitros do Rio Grande do Sul, Daniel Bins evidencia bom momento da arbitragem gaúcha no país

Aos 40 anos, hamburguense vem ditando moda na arbitragem brasileira com apresentações seguras e discretas

03/01/2018 20:23

Voz do Apito

Rio Grande do Sul – Dono de uma discrição que desde o início da carreira tornou-se uma de suas principais características, Daniel Nobre Bins aos poucos foi conquistando o seu espaço no futebol nacional. Natural da cidade de Novo Hamburgo, interior do Estado do Rio Grande do Sul, o esporte sempre fez parte de sua vida, mas atuar como árbitro até então era um sonho distante que aos poucos acabou se tornando realidade.

Daniel Nobre Bins entrou no quadro de árbitros da CBF em 2014 e aos poucos conquista espaço no cenário nacional
Foto: GazetaPress

Na galeria dos principais árbitros da Federação Gaúcha de Futebol, Bins tornou-se sinônimo de qualidade e equilíbrio em razão das suas destacadas atuações nos jogos em que o Comitê Estadual de Arbitragem o designava. Em razão desse motivo, em 2014 a esperada indicação para o quadro nacional veio e com ela a chance de representar uma das principais escolas de arbitragem do país na elite do futebol brasileiro.

Na última temporada foram vários os jogos importantes que a CBF, atenta a sua qualidade técnica, o designou. Com um desempenho físico que o permite aproximar-se com exatidão dos lances cruciais durante uma partida de futebol, as suas atuações comprovam que Marcos Marinho, Presidente do Comitê de Árbitros da CBF, tem acertado em confiar no seu trabalho.

Mas nada disso seria possível sem o acompanhamento profissional que a Federação Gaúcha de Futebol faz em seu quadro de árbitros. Liderados por Luiz Fernando Moreira que na última década tem tido uma gestão que visa revelar árbitros de ponta para o futebol Brasileiro, Daniel Nobre Bins talvez seja hoje uma das suas mais acertadas escolhas.

Bem próximo de iniciar a sua participação em mais uma edição do Campeonato Gaúcho que se aproxima, aos 40 anos o ilustre morador de Novo Hamburgo aos poucos vai fazendo história e consolidando a sua carreira com empenho, ética e amor por representar uma das entidades esportivas que mais investem em arbitragem no Brasil.