Futuro de incertezas no Recife
Após ser vetado por clubes no estadual, Péricles Bassols está fora dos jogos decisivos do pernambucano e pode deixar o quadro
Da redação
Atualizado em 16/04/2017 às 08:12


PERNAMBUCO – Depois de deixar o quadro internacional no fim do ano passado mesmo com apresentações de alto nível no Campeonato Brasileiro, o árbitro carioca Péricles Bassols resolveu mudar de estado. Por não concordar com os métodos de trabalho de Jorge Rabello, Presidente do Comitê de Árbitros da FFERJ e atrás de apoio político, Bassols acabou indo parar em Pernambuco.

Semelhante ao que ocorria no Rio de Janeiro, parece que na terra do frevo a sua saga de ficar fora de jogos decisivos vai continuar. Após ser vetado por Sport e Santa Cruz, a Federação Pernambucana de Futebol acabou cedendo a pressão dos clubes e a partir de agora todos os jogos que decidirão o estadual poderão ser com arbitragem de fora.

Por coincidência, Basssols terá um ex-colega de federação no clássico de hoje à tarde, válido pela semifinal do torneio. Prestigiado em razão do bom momento que vive na carreira, o escudo da FIFA tem feito muito bem a Wagner Magalhães, que já está em Pernambuco para comandar a semifinal entre Sport e Santa Cruz, hoje na Ilha do Retiro.

Numa situação nada confortável em Pernambuco, acredita-se que Péricles Bassols poderá ser dispensado pela Federação Pernambucana de Futebol que tem um alto custo para mantê-lo no quadro. Ao longo do estadual, o árbitro carioca só atuou em quatro, dos dez prováveis jogos em que poderia ser escalado, fatos que não justifica o investimento.

Se isso se confirmar, é pouco provável que o ex-FIFA volte a atuar pelo Rio com Rabello à frente do COAF, situação que pode acabar antecipando o fim de sua carreira.

Nós procuramos Péricles Bassols para que ele pudesse falar a respeito, mas o árbitro não foi encontrado.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem




Deixe seu comentário
>> Nome:
>> E-mail:
>> Comentário:





Comentários

Ainda não há comentários para esta matéria. Seja o primeiro!

VOZ DO APITO
Todos os direitos reservados © 2008 - 2015